Cookies no site da SKF

Nós utilizamos cookies para assegurar que você tenha a melhor experiência em nossos sites e em nossos aplicativos da Web. Caso você continue sem alterar as configurações de seu navegador, entenderemos que você deu seu consentimento para receber cookies. No entanto, você poderá alterar as configurações de cookies de seu navegador a qualquer momento.

cookie_information_popup_text_2[149]

Retenção de graxa

As graxas possuem uma viscosidade relativamente alta e são relativamente fáceis de reter em um arranjo de rolamentos. Em muitas aplicações lubrificadas com graxa, um modelo de lábio de vedação não tensionado por mola ou um anel em V pode reter a graxa adequadamente (fig. 1).
No entanto, aplicações mais exigentes podem necessitar de vedações radiais de eixo tensionados por mola HMS5 ou CRW1 (fig. 2 e fig. 3).
Quando for necessária lubrificação frequente, o lábio de pelo menos uma das vedações no arranjo de vedação deverá ser direcionado para o lado do ar, de modo que o excesso de graxa escape pelo lábio de vedação (fig. 4). Isso evita o acúmulo de graxa, que pode reter calor e limitar a dissipação de calor. Para aplicações lubrificadas com graxa, a SKF recomenda o cálculo da velocidade periférica permitida para óleo e a divisão pela metade do resultado.
SKF logo