Cookies no site da SKF

Nós utilizamos cookies para assegurar que você tenha a melhor experiência em nossos sites e em nossos aplicativos da Web. Caso você continue sem alterar as configurações de seu navegador, entenderemos que você deu seu consentimento para receber cookies. No entanto, você poderá alterar as configurações de cookies de seu navegador a qualquer momento.

Requisitos do furo de mancal

Para reduzir o risco de danos à vedações durante a instalação, o furo do mancal deve ter entre 15 e 30° de chanfro de entrada. O chanfro deve estar livre de rebarbas e o raio de transição r entre o assento da vedação e o ressalto deve seguir as recomendações da tabela.
A profundidade de um furo métrico da caixa B para vedantes com caixa metálica ou vedações com inserção metálica deve ser no mínimo 0,3 mm (0,012 pol) maior do que a largura nominal b do vedante (fig. 1). Os valores correspondentes para o furo do mancal B em polegadas são 0,016 pol (0,4 mm).
As vedações com reforço de metal são fabricadas com um tamanho superdimensionado em relação ao diâmetro e à profundidade do furo do mancal para permitir compressão e estabilidade adequadas. O comprimento real da vedação é aproximadamente 0,4 a 0,8 mm (0,016 a 0,032 pol) mais largo do que a profundidade de furo B. Em vedações HS totalmente em borracha, a tolerância de profundidade do furo deve ser de ±0,13 mm (0,005 pol.) e ±0,10 mm (0,004 pol.) para vedações HSF reforçadas com tecido.
Para facilitar a remoção da vedação, é possível incorporar furos no ressalto do mancal (A) durante a etapa de projeto (fig. 2).
SKF logo