Cookies no site da SKF

Nós utilizamos cookies para assegurar que você tenha a melhor experiência em nossos sites e em nossos aplicativos da Web. Caso você continue sem alterar as configurações de seu navegador, entenderemos que você deu seu consentimento para receber cookies. No entanto, você poderá alterar as configurações de cookies de seu navegador a qualquer momento.

cookie_information_popup_text_2[149]

Tampa protetora

Todas as vedações HS e HSF, bipartidas e sólidas, são fabricadas com tamanho superdimensionado em relação ao diâmetro e à profundidade do furo do mancal, a fim de proporcionar compressão e estabilidade adequadas. Uma placa de cobertura (fig. 1) fornece compressão axial da vedação e a estabiliza no furo do mancal para atingir um desempenho máximo de vedação. A tampa protetora deve ter o tamanho correto para obter o encaixe necessário. Deve ser suficientemente espessa para não dobrar ou ser deformada. Normalmente, a espessura de 6,35 a 12,7 mm (0,25 a 0,50 pol) é suficiente.
A tampa deve ser fixada com parafusos, com distância inferior a 150 mm (6 pol), em um orifício no local mais prático possível do furo do mancal. A tampa protetora deve ser plana e a profundidade do furo do mancal deve ser uniforme. A divisão da placa protetora em 180° facilitará a substituição da vedação, principalmente em áreas confinadas.
Para impedir grandes quantidades de lubrificante em direção à vedação, a partir da área interna e para proteger o vedante contra danos da área externa, a SKF recomenda calcular o tamanho do diâmetro interno da tampa protetora para que seja aproximadamente 6,35 mm (0,25 pol) maior do que o diâmetro do eixo para acomodar desalinhamento e desvio entre eixo e furo.
Em aplicações em que é necessária a vedação complementar, e em que não é prático usinar a caixa original para oferecer uma cavidade da vedação, uma cavidade pode ser incorporada a uma nova tampa parafusada no local (fig. 2).
SKF logo