Cookies no site da SKF

A SKF usa cookies nos sites para ajustar ao máximo as informações exibidas com as preferências de nossos visitantes, como as opções de país e idioma.

cookie_information_popup_text_2[149]

Porcas de fixação com fixação integral

As porcas de fixação com uma fixação integral reduzem o custo do eixo, uma vez que nenhum rasgo de chaveta é necessário. A instalação é mais rápida e mais fácil porque não são necessários dispositivos de fixação separados.
Porcas de fixação KMFE

Porcas de fixação KMFE (fig. 1)

  • são projetadas para fixar axialmente rolamentos de rolos toroidais CARB, rolamentos autocompensadores de rolos vedados e rolamentos autocompensadores de esferas vedados em um eixo
  • têm faces de contato adequadas para os rolamentos desejados
  • estão disponíveis para rosca M 20 x 1 a M 200 x 3 (tamanhos de 4 a 40)

As porcas de fixação KMFE não devem ser usadas em eixos com um rasgo de chaveta. Elas só devem ser utilizadas com buchas de fixação especiais com um rasgo estreito. Pode haver falhas na porca, caso o pino roscado fique alinhado a um rasgo de chaveta ou rasgo largo. As porcas de fixação KMFE podem ser reutilizadas, desde que não estejam danificadas.

Características e benefícios

  • Desvio axial máximo da face de fixação até a rosca de 0,02 a 0,03 mm
  • O rasgo de chaveta não é necessário
  • Simples de instalar
  • Fixação simples e robusta
  • Reutilizável
  • Faces de contato adequadas para os rolamentos desejados
  • Equipado com marcas visuais para o uso dos ângulos de aperto
Porcas de fixação KMD

Porcas de fixação KMK (fig. 2)

  • são indicadas para fixar rolamentos radiais em aplicações menos exigentes
  • estão disponíveis para rosca M 10 x 0,75 a M 100 x 2 (tamanhos de 0 a 20)

As porcas de fixação KMK não devem ser usadas em eixos com rasgos de chaveta ou buchas de fixação com rasgos de chave. Pode haver danos ao dispositivo de trava caso ele se alinhe a um rasgo de chaveta ou chave de fenda. As porcas de fixação KMK podem ser reutilizadas, desde que não estejam danificadas.

Princípio de fixação

As porcas de fixação com fixação integral são presas por atrito. O atrito é suficiente para travar a porca na posição.

As porcas de fixação KMFE têm um parafuso de fixação integral para fixar a porca na posição. Quando o pino roscado é apertado, ele faz com que a rosca da porca seja deformada e pressionada contra a rosca do eixo ou da bucha (fig. 3).

Os modelos KMK têm um a inserto de aço roscado em seus furos. As roscas do inserto coincidem com as roscas da porca de fixação. O inserto atua como uma placa de pressão quando um pino roscado, que atravessa o corpo da porca de fixação, é apertado (fig. 4).

SKF logo